Cidadão do Mundo

Graças ao trabalho executado pelo Serviço de Relações Internacionais e às parcerias por ele desenvolvidas junto a organizações de prestígio, como a Agência Canadense de Desenvolvimento Internacional (ACDI) e a Agência Universitária da Francofonia (AUF), a UQAM está altamente empenhada nos esforços visando melhorar as condições de vida nos países em desenvolvimento e de obter uma visão mais ampla do problema.

As Américas

No Haiti, os professores Paul Bodson e Jean Goulet do Departamento de Estudos Urbanos e Turismo, juntamente com o professor Paul-Martel Roy, do Departamento de Economia, participam com seus trabalhos no projeto Bairros Precários e Desenvolvimento Sustentável. Este projeto recebeu um financiamento importante da ACDI totalizando $1 milhão de dólares canadenses em seis anos. Tal iniciativa permitirá a criação de programas de formação e de estruturas de apoio aos recursos humanos locais no âmbito da organização comunitária e do desenvolvimento.

América do Sul

Na Bolívia, a professora Lucie Sauvé do Departamento de Educação e Pedagogia, titular da Cátedra de Pesquisa do Canadá em Educação Ambiental, iniciou um projeto de Desenvolvimento Ecológico Comunitário e de Saúde Ambiental. Financiado pela ACDI, este projeto vai desenvolver o nível de expertise de três universidades da Amazônia boliviana em matéria de formação, pesquisa e serviços comunitários, estimulando o ecodesenvolvimento comunitário e a saúde ambiental.

No Brasil, o professor Marc Lucotte do Departamento de Ciências da Terra e da Atmosfera (Faculdade de Ciências), desenvolve o projeto Utilização imprópria das terras, saúde precária: prevenção primária da saúde graças às práticas duradouras da utilização das terras pelos pequenos agricultores das Regiões Tropicais Húmidas (PLUPH). Financiado pelo CRDI, este projeto teve início em 2007 e prosseguirá até 2011.Trata-se de um programa de pesquisa participativa centrado no reforço das capacidades e na aplicação dos conhecimentos, visando reduzir a gravidade de dois problemas de saúde emergentes e sinérgicos presentes nas comunidades de pequenos agricultores da Amazônia.

África

No Quênia, os professores Matthieu Chemin, Joost de Laat e Stéphane J. Pallage do Departamento de Economia, foram contemplados com uma bolsa do Centro Canadense de Pesquisas em Desenvolvimento Internacional e da fundação Trust Africa para elaborarem um estudo sobre a construção de mini-turbinas hidráulicas, financiadas, construídas e operadas pela comunidade rural de Kiangurwe. Elas são também da propriedade desta comunidade que está situada nas encostas do monte Quênia.

Ásia do Sul

Em Bangladesh, dois estudantes da Faculdade de Comunicações adquiriram uma experiência pioneira em jornalismo, participando no programa Jornalismo e Desenvolvimento financiado pela ACDI. A viagem por eles efetuada a Bangladesh, um mês após a passagem do supe rciclone Sidr, permitiu-lhes melhor entender os efeitos desta catástrofe natural sobre a população desfavorecida e de desenvolver uma compreensão mais ampla sobre questões fundamentais em matéria de cooperação e de desenvolvimento internacional, como também sobre o papel desempenhado pelo Canadá na oferta de ajuda ao desenvolvimento na Ásia.

Relações Norte-sul

No que diz respeito as relações Norte-sul, o professor Lucie Sauvé do Departamento de Educação e Pedagogia, Faculdade das Ciências da Educação e titular da Cátedra de Pesquisa do Canadá em Educação Relativa ao Ambiente permitiu a realização dos projetos ao país da Extremidade do mundo e o planeta dorme ao gás… Financiados no âmbito do programa Iniciativa o mundo em classe do ACDI, estes projetos convidam os alunos do primário e do secundário a descobrirem a realidade das crianças dos países ditos em desenvolvimento, a refletirem sobre os impactos do seu próprio modo de vida no ambiente e o mundo que os cerca e a reconhecerem os impactos sociais e ambientais do crescimento desenfreado das necessidades de energia à escala planetária.